Zero gordura trans?




As pegadinhas das tabelas nutricionais: você pensa que está consumindo um produto mais saudável (e até pode ser se comparado com muitos outros)... só que não !



Peguei um produto aleatoriamente, colocando no Google "biscoito integral". Primeiro vamos entender a diferença de óleos e gorduras:

- O ÓLEO é um lipídio mole, líquido em temperatura ambiente e às vezes até em refrigeração consegue se manter líquido... normalmente de origem vegetal.

- A GORDURA é um lipídio duro, sólido em temperatura ambiente.. normalmente é de origem animal, mas a indústria alimentícia e a sua frigideira deram um jeitinho de transformar essa gordura inicialmente inofensiva em uma substância dura, sólida.

Quando você usa muitas vezes um óleo em fritura ele fica mais denso, tanto pelas reações e evaporações que acontecem com a queima, quanto pela mistura de gorduras vindas do alimento que você fritou.

No caso da indústria, dizemos que a gordura tem conformação TRANS, pois passou por processo de saturação. O mais conhecido é a hidrogenação (gordura hidrogenada).

MAS NÃO SE ENGANE !!! Como a "gordura trans" é limitada nos alimentos, hoje, já temos muitas outras reações de endurecimento de gorduras (saturação), para fazer:

- doces;
- recheios: biscoitos recheados "sem gordura trans";
- Alimentos crocantes: frituras em gordura hidrogenada sempre fazem mais "crec crec"... tente fritar batatas nessa gordura hidrogenada ou banha (vende em supermercado pra fazer empada) e você nuca mais vai ver suas batatas fritas da mesma forma;

E outros alimentos crocantes, aerados, recheados, etc.


Voltando ao exemplo que achei, do biscoito "feito com 3 cereais - integral":


A tabela nutricional dele, num site de supermercado, diz que ele tem ZERO de gordura trans.
Mas nessa tabela  dá pra ver que ele tem 3,1g de gordura SATURADA. A ANVISA permite apenas 2,0g pra usar o claim "livre de gordura trans", apesar que na embalagem ele diz apenas que é "zero% de gordura trans" - uma forma de contornar a verdade não acham?

Informação Nutricional
Porção de 25g (4 biscoitos)
Valor Energético - 122 kcal
Carboidratos - 14g
Proteínas - 2,0g
* Gorduras totais - 6,4g
**Gorduras saturadas - 3,1g 
***Gorduras Trans - 0g
Fibra alimentar - 1,0g
Sódio - 278mg

Composição do produto:

Farinha de trigo enriquecida com ferroe ácido, gordura vegetal, açúcar, leite desnatado em pó, soro de leite em pó, sal, queijo cheeder em pó maltodextrina, glicose, amido de milho, orégano, condimento preparado sabor de pizza (sal, tomate, amido, maltodextrina, óleo vegetal, pimenta vermelha, manjericão, orégano, cebola e alho, alimentos tratados por processo de irritação), fermentos químicos: bicarbonatos de amônio, bicarbonato de sódio fosfato monocálcio, realçador de sabor: glutamato monossódico, estabilizante: licitina de soja, aromatizante. Pode conter traços de ovo.

* Onde estão as outras gorduras, das totais? O produto tem gordura e óleo vegetal... sendo gordura, pode ser do leite (citado) ou de óleos hidrogenados.

** Essa gordura saturada veio (também) da "gordura vegetal" que é citada na composição do produto, além do leite.

*** Gordura trans, no caso, é um óleo que sofreu hidrogenação. Mas hoje existem outras reações que deixam os óleos consistentes e saturados.

Conclusão: as gorduras que fazem mal à saúde foram mesmo abolidas dos alimentos? Acho que não!

Quer um outro exemplo? Vá até sua geladeira e procure o pote de margarina. Olhe a tabela nutricional:


Qualy

Peso médio 10g (1 colher de sopa)
Valor energético 72 kcal
Carboidratos - 0 g
Proteínas - 0 g
Gorduras Totais - 8,0 g
Gorduras Saturadas - 2,0 g
Gorduras Monoinsaturadas - 2,0 g
Gorduras Poliinsaturadas - 3,7 g
Gorduras Trans - 0 g
Colesterol - 0 mg
Fibra Alimentar - 0 g
Sódio - 60 mg
Vitamina A - 45 mcg

E agora procure a composição dessa margarina:

Óleos vegetais líquidos e interesterificados... (parou aqui).

O que a alguns artigos dizem?

Interesterificação (randomização do ácido graxo) de gordura vem se tornando rapidamente uma técnica de modificação alternativa, em que a inserção de ácidos graxos saturados, tipicamente o ácido esteárico (18:00), é empregado para endurecer um óleo para ficar com a plasticidade comparável à gordura antes trans das preparações ou com a dureza de uma gordura saturada natural.

Referência:
Sundram K, Karupaiah T, Hayes K.. (2007). "Stearic acid-rich interesterified fat and trans-rich fat raise the LDL/HDL ratio and plasma glucose relative to palm olein in humans.". Nutr Metab. DOI:10.1186/1743-7075-4-3.

O Dr. Mercola (EUA), em seu site diz que a gordura interesterificada chega a favorecer o aparecimento de diabetes, e diminui o colesterol bom, o HDL. Este estudo (clique) confirma que, assim como a gordura trans, as interesterificadas aumentam os níveis do colesterol ruim, o LDL.


Conclusão: continuamos ingerindo gorduras saturadas e quimicamente modificadas, só que com outros nomes, que são tão prejudiciais quanto as gorduras trans !